domingo, 24 de agosto de 2008

Más una vez... BRUNA LOMBARDI

UMA MULHER

Uma mulher caminha nua pelo quarto
é lenta como a luz daquela estrela
é tão secreta uma mulher que ao vê-la
nua no quarto pouco se sabe dela

a cor da pele, dos pêlos, o cabelo
o modo de pisar, algumas marcas
a curva arredondada de suas ancas
a parte onde a carne é mais branca

uma mulher é feita de mistérios
tudo se esconde: os sonhos, as axilas,
a vagina
ela envelhece e esconde uma menina
que permanece onde ela está agora

o homem que descobre uma mulher
será sempre o primeiro a ver a aurora.

2 comentarios:

Adolfo Payés dijo...

bello gracias, un beso sludos

Cynthia Lopes dijo...

Mis saludos fraternos Adolfo...