domingo, 7 de septiembre de 2008

Olegário Mariano

De papo pro á
I
Não quero outra vida
Pescando no rio
De jereré
Tenho peixe bom...
Tem siri-patola
De dá com o pé

Quando no terreiro
Faz noite de luá
E vem a saudade
Me atormentá
Eu me vingo dela
Tocando viola
De papo pro á

II

Se compro na feira
Feijão rapadura
Pra que trabaiá
Eu gosto do rancho
O home não deve
Se amofiná
Estribilho


In: MASCARENHAS, Mário. O melhor da música popular brasileira. São Paulo: Irmãos Vitale, 1982. v.4, p.146-147

3 comentarios:

Adolfo Payés dijo...

lindo, y eso que casi no vengo por este espacio siempre me he quedado en tus poemas y escritos.. pero ahora se que tengo que venir mas seguido , un beso

Cynthia Lopes dijo...

Venga siempre, gracias...

Cynthia Lopes dijo...

Venga siempre, gracias...